Questionamentos II

Honestamente, eu tenho uma birra enorme com a busca acéfala, desmiolada por alegria, sorrisos e afins. Parodiando um amigo, quem vive rindo é porque está mal informado. Acho que um dos maiores males de nosso país é, justamente, o grosso da população pensar pouco ou mal pensar. No post anterior me fiz algumas perguntas sobre a utilidade da música nas nossas vidas. A música tem um poder transformador. Há estudos e mais estudos a respeito do quanto ela pode melhorar intelectualmente o ser humano; outros, mostrando casos de cura ou melhoras significativas em sintomas de vários tipos de doenças. Esses fatos demonstram que há um poder ali. Ao mesmo tempo em que ela nos estrutura e desenvolve, pode também, ao contrário, desnortear e retirar do prumo. Quantos já não ficaram em transe por causa de um ritmo, de uma melodia? Claro que não se pode pensar na música apenas como algo útil intelectualmente, mas qual o sentido de pensá-la apenas como entretenimento? O equilíbrio sempre é o melhor. Outro dia assistia a um programa de tv e estavam entrevistando o “compositor” de uma música que foi um hit. Não me lembro qual era, mas falava sobre sexo, sexo e mais sexo. Isso, claro, com uma outra possível conotação. O auge da cara de pau do “compositor” foi dizer que havia feito a música para sua filhinha de cinco anos. Meu Deus! Essa música foi tocada exaustivamente nas rádios, festas, baladas… E aí?

Anúncios
Esse post foi publicado em Música, Pensieri. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Questionamentos II

  1. pedrita disse:

    eu sou sorridente, mas me incomodo com o clichê: “tudo vem para o bem”. não consigo imaginar que pessoas que sofreram altas violências como os judeus na alemanha tiveram isso para o bem. credo!!! acho que essa ideia atual do mal pensar de q ter raiva não é bom, acordar de vez em qd mal humorado não é bom, é camuflar os sentimentos. viajei… beijos, pedrita

  2. Paulo disse:

    Nada contra o bom humor, Pedrita, coisa que é muito saudável. Mas nós brasileiros temos essa coisa boba de rir de tudo, por tudo e pra todos. Outra coisa esquisita é a mania dos superlativos. O que é normal não basta. Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s