MPB

Heitor Villa-Lobos foi, provavelmente, o ápice da música em nosso país. Não apenas tornou visível nossa cultura no exterior como contribuiu de maneira extraordinária para a inclusão da música em nossa educação. Naquela época ainda não se fazia uma grande diferenciação entre música popular e erudita. Um dos grandes herdeiros de Villa foi Tom Jobim, que conseguiu sintetizar a linguagem que recebeu do mestre. Trabalho lindo. Vínhamos de Elizeth Cardoso, Vicente Celestino, Orlando Silva e tantos outros, cantores esses que tinham o que era necessário para cantar, ou seja, voz! Chega João Gilberto. Um homem com uma voz pequena, um sussurro cheio de graça, afinação, técnica, trabalho árduo, um modo de cantar completamente íntimo. João trouxe consigo o que até hoje prevalece na nossa música: a voz da bossa. Essa tal “voz da bossa”, com sua característica voz sussurrada,  abriu a porta para que as canções fossem entoadas por pessoas sem voz. Todo o trabalho árduo de João Gilberto (conta-se que ele fica horas e horas trancado em seu banheiro repetindo incansavelmente frases de seu repertório) foi vulgarizado pelos que viram ali a oportunidade de serem cantores. Acredito que foi aí que começou a derrocada de nossa música. A pseudo-simplificação de João abriu as portas para a “simplorificação” geral. Para ser um cantor, a voz não era mais tão necessária. Contávamos ainda com cantores de verdade: Elis, Jair Rodrigues, Jorge Ben, Pery Ribeiro,  Simonal… Mas não, a voz definitivamente não era mais necessária. Curiosamente, fomos nos livrando de outros penduricalhos: as harmonias, os instrumentos acústicos até não haver mais a carência por instrumentos. Hoje, o computador até canta. Até que ponto esse empobrecimento musical não é um dos responsáveis pela educação que temos hoje? Que país seríamos se a nossa música nos ensinasse ao invés de nos subverter?

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Música, Pensieri, Persone. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s